MIOMA

Ocasionalmente, no contato com pacientes candidatas a embolização de miomas, podemos ser confrontados com uma situação em que a paciente vem com uma indicação prévea de histerectomia recomendada pelo seu ginecologista. Nesses casos, é importante que o radiologista intervencionista esteja familiarizado com as várias indicações para histerectomia em pacientes com mioma, e perceber que as razões da recomendação feita pelo ginecologista podem ser baseadas em parte pela presença do mioma e também por outros fatores não adequadamente entendidos pela paciente.

Sempre que possível, a direta comunicação com o médico que acompanha a paciente ajudará indubitavelmente a resolver muitos destes conflitos aparentes. Em nossa opinião o Radiologista Intervencionista deve estar apto a acompanhar a paciente, orienta-la e em algunas casos assumir as possíveis, felizmente raras, complicações que podem ocorrer na Embolização dos Miomas Uterinos.