fbpx

INFORMATIVO

04/10/2019 MIOMA NO ÚTERO É SINAL DE CÂNCER?

Nos exames de rotina, foi detectado um mioma no útero? Não se desespere, várias mulheres desenvolvem miomas ao longo da vida e muito raramente esse tipo de tumor evolui para um câncer. Na verdade, miomas são tumores benignos que não aumentam os riscos do câncer. Mas eles podem causar outras complicações.

Os miomas têm tamanhos variáveis e, na maioria das vezes, não são percebidos pelas mulheres porque não provocam nenhum sintoma. Mas, em alguns casos, eles podem apresentar alguns sinais. O mais comum é o sangramento menstrual intenso que dura mais de uma semana, o que pode causar anemia, pressão ou dor na pélvis, necessidade de urinar com frequência, constipação e dores nas costas e nas pernas.

O QUE PODE CAUSAR UM MIOMA NO ÚTERO?

A causa do mioma é desconhecida. Mas, é sabido que os hormônios progesterona e estrogênio influenciam no desenvolvimento desse tipo de tumor benigno. Por isso, durante a menopausa, que é um período em que a produção desses hormônios diminui, os miomas também costumam diminuir. Já durante a gravidez, os miomas tendem a aumentar.

Fatores como herança genética, etnia (mulheres negras tem maior incidência de miomas), início da menstruação em idade precoce, usar controle de natalidade, obesidade, alimentação e uso de álcool podem aumentar o risco de miomas.

COMO DESCOBRIR SE VOCÊ TEM UM MIOMA NO ÚTERO?

Os miomas geralmente são descobertos por meio de exames ginecológicos, que podem ser feitos para acompanhamento ou porque você teve algum sintoma. Os meios mais comuns para detecção são a ultrassonografia – que usa ondas sonoras para obter imagens do útero e confirmar, mapear e medir o tamanho dos miomas – ou exames de sangue.

Referência

https://www.pfizer.com.br/noticias/mioma-no-utero-e-cancer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Share Buttons and Icons powered by Ultimatelysocial