fbpx

INFORMATIVO

20/02/2020 Hospital trata mioma uterino com técnica que preserva fertilidade feminina
Resultado de imagem para fotos de gravida

Um procedimento realizado no Hospital Monte Sinai, em outubro de 2011, deu a uma paciente de 31 anos a chance de ter sua terceira gestação e ver a filha Alice nascer menos de um ano depois. Portadora de mioma uterino, a paciente foi submetida a uma embolização de mioma, técnica minimamente invasiva que interrompe o fluxo sanguíneo das artérias que alimentam o tumor. Mãe de um casal de adolescentes (15 e 13 anos), ela já havia passado por uma cirurgia de retirada de mioma e decidiu que não enfrentaria outro procedimento invasivo ou que pudesse impedir a terceira gravidez.

A técnica aplicada pelo radiologista intervencionista Alexandre de Tarso Machado, do Serviço de Hemodinâmica do Monte Sinai, preserva o útero e a fertilidade da mulher. Ele explica que é feita uma punção com agulha de no máximo 2 milímetros, na região da virilha, por onde é introduzido um cateter no qual se navega pelos vasos sanguíneos até alcançar os ramos que nutrem os miomas uterinos. Em seguida, micro-partículas esféricas são injetadas para obstruir o fluxo sanguíneo, tratando o mioma. Todo procedimento, realizado no setor de Hemodinâmica, é orientado pelo angiógrafo, equipamento digital com alta definição de imagem.

Poucas pessoas sabem, mas a embolização de mioma é uma técnica acessível, pois há mais de 10 anos está presente no rol da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), ou seja, é coberta por planos de saúde?, informa Alexandre de Tarso.

Fonte: http://www.hospitalmontesinai.com.br/noticias/mais-noticias/hospital-trata-mioma-uterino-com-tecnica-que-preserva-fertilidade-feminina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre no nosso grupo sobre Mioma
Social Share Buttons and Icons powered by Ultimatelysocial