INFORMATIVO

14/07/2022 Adenomiose: o que é, sintomas e possíveis causas

A adenomiose, também chamada de adenomiose uterina, é uma doença onde ocorre um espessamento dentro das paredes do próprio útero provocando sintomas como dor, sangramento ou cólicas fortes, especialmente durante a menstruação. Esta doença tem cura através da cirurgia para retirada do útero, porém, este tipo de tratamento só é feito quando os sintomas não conseguem ser controlados com remédios anti-inflamatórios ou hormônios, por exemplo.

Os primeiros sintomas de adenomiose podem surgir 2 a 3 anos após o parto, mesmo nos casos em que a mulher já tem adenomiose desde a infância, e geralmente deixam de surgir após a menopausa, quando o ciclo menstrual deixa de acontecer.

Principais sintomas

Os principais sintomas da adenomiose são:

  • Inchaço da barriga;
  • Cólicas muito fortes durante a menstruação;
  • Dor durante a relação íntima;
  • Aumento da quantidade e duração do fluxo menstrual;
  • Prisão de ventre e dor ao evacuar.

A adenomiose nem sempre provoca sintomas, porém, geralmente os sintomas aparecem após a gravidez e desaparecem após a menopausa. Além disso, a adenomiose pode ser uma das causas da dismenorreia e de hemorragia uterina anormal, sendo muitas vezes difícil de diagnosticar. Confira outros sinais de alterações no útero.

O diagnóstico da adenomiose deve ser realizado pelo ginecologista, e é geralmente feito através da realização de uma ressonância magnética e através da observação de sintomas como dor, sangramentos intensos ou queixas de dificuldade para engravidar. Além disso, o diagnóstico da doença também pode ser feito usando outros exames de imagem, como ultrassonografia transvaginal ou histerossonografia, por exemplo, que avaliam o espessamento do útero.

A adenomiose pode afetar a gravidez?

A adenomiose pode provocar complicações graves na gravidez, como gravidez ectópica ou aborto, por exemplo, sendo recomendado o acompanhamento regular do obstetra, para que sejam evitadas essas complicações. Além disso, em alguns casos a adenomiose, pode dificultar a fixação do embrião no útero, dificultando assim a gravidez.

Os sintomas de adenomiose aparecem geralmente após a gravidez, devido ao estiramento do útero que acontece, e por isso, a maioria das mulheres consegue engravidar e ter filhos antes do aparecimento da doença.

Causas da adenomiose

As causas da adenomiose ainda não estão muito bem esclarecidas, porém essa condição pode ser resultado de traumas no útero devido a cirurgias ginecológicas, mais de uma gravidez ao longo da vida ou devido ao parto cesária, por exemplo.

Além disso, a adenomiose pode ser uma das causas de outros problemas como dismenorreia ou hemorragia uterina anormal, sendo muitas vezes difícil de diagnosticar.

Fonte: https://www.tuasaude.com/adenomiose/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Faça sua pré-avaliação sem custos com nosso médico especialista
Social Share Buttons and Icons powered by Ultimatelysocial