fbpx

INFORMATIVO

03/08/2020 O que você precisa saber sobre gravidez após os 40 anos

Com o passar dos anos, as mulheres têm engravidado cada vez mais tarde. Por estarem mais focadas nos estudos, por se dedicarem mais à profissão ou por decidirem por ter filhos mais tarde, é comum que hoje só se engravide depois dos 30 ou 35 anos. Algumas, inclusive, só querem engravidar – ou só tem essa oportunidade – depois dos 40. E a gravidez após os 40 anos tem algumas particularidades de que você precisa saber.

Depois dos 40, as chances de engravidar são menores, porque a reserva dos óvulos diminui. A mulher nasce com um número finito de óvulos, em torno de 300 mil, e eles vão se esgotando com a idade. “A partir dos 35 anos, existe a diminuição acentuada dos óvulos e, por esse motivo, a gravidez é mais difícil aos 40 anos”, explica o especialista em reprodução humana Gilberto da Costa Freitas, em entrevista ao site Bebe.com.br.

Gravidez após os 40 é possível?

Mas é possível engravidar depois dessa idade? Sim, é possível, mas devem-se observar algumas coisas. Com 40 anos, a mulher tem 50% de chance de engravidar. Esse número já cai para 1% aos 43. Após os 45 anos, é quase impossível engravidar a partir dos próprios óvulos.

Hoje em dia, o exame de hormônio antimülleriano, associado geralmente à ultrassonografia transvaginal, é considerado o melhor marcador para avaliar a reserva ovariana. No entanto, essa avaliação não é 100% confiável.

Quais são os riscos de engravidar aos 40?

Uma gravidez depois dos 40 anos é sempre considerada de alto risco. Porque, a partir dos 40, as mulheres são mais propensas a doenças que complicam a gestação, como a obesidade, hipertensão, diabetes, doenças da tireoide etc.

Há riscos para o bebê, como uma maior probabilidade de alterações cromossômicas numéricas ou estruturais, que podem causar, por exemplo, Síndrome de Down.

A gravidez após os 40 também apresenta um risco maior de parto prematuro, anomalias placentárias, gestações múltipla, natimortalidade e crescimento intra-uterino restrito.

Quais são os benefícios de engravidar aos 40?

Você pode achar que não, mas estudos demonstram que há benefícios em ser mãe após os 40 anos. “A mulher está mais madura e tem outra visão do que é ser mãe”, diz o diretor da Clínica Medicina da Mulher, Mauricio Simões Abrão.

As mulheres mais velhas são, em geral, mais instruídas, estáveis profissionalmente e tomam decisões mais saudáveis e inteligentes. Para a sorte do bebê, elas também são mais propensas a amamentar.

“Além disso, a gravidez após os 40 pode ser mais desejada e curtida, tanto pelo homem como pela mulher, quando os problemas financeiros, por exemplo, já foram resolvidos”, diz Gilberto da Costa Freitas.

Quais são os cuidados necessários?

pré-natal de uma mulher que engravida após os 40 anos é diferente do pré-natal daquelas que engravidam mais cedo. É essencial ter um acompanhamento médico antes mesmo de engravidar para controlar qualquer doença que possa atrapalhar a gestação.

É recomendado começar a tomar ácido fólico pelo menos três meses antes de engravidar, para ajudar a prevenir alguns defeitos congênitos.

Passar a cuidar mais da saúde é imprescindível: “Depois dos 40 anos, quando pretende engravidar, a mulher precisa de inúmeros cuidados com a saúde porque passa a ter propensão a alguns problemas, como diabete, hipertensão e alterações cardiovasculares. É importante checar toda essa parte com muita atenção antes de engravidar”, ensina Julio Barbosa, obstetra do Hospital Santa Catarina.

Engravidar depois dos 40 anos vai exigir um bocado dos pais, especialmente das mãos. Mas a tentativa é válida para formar a família que você tanto quer ter. Cuide de sua saúde e garanta uma boa gestação para você e para o seu bebê!

Fote: http://hemocord.com.br/magazine/gravidez-apos-os-40-anos/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre no nosso grupo sobre Mioma
Social Share Buttons and Icons powered by Ultimatelysocial